sábado, 25 de julho de 2009

Você é salvo?

Se você morrer esta noite, você irá para o Céu?

Por alguma razão as pessoas em geral têm a tendência de se desligar das coisas mais importantes da vida para se ligarem nas supérfluas. Gastam todo o tempo trabalhando, dormindo, comendo, se exercitando e nas horas vagas assistem televisão. Toda a atenção está voltada para o que satisfaz os sentidos no presente ou no futuro próximo. Pouco ou nada é dedicado à principal questão da vida: para onde irei depois da morte?

Tendo ciência do descaso que o homem atual demonstra pela religião, muitas igrejas têm mudado sua abordagem para conversão de almas. Muitas vezes os pregadores tentam atrair as pessoas à fé em Jesus oferecendo coisas que as pessoas sabem que precisam, ou que gostariam de ouvir. Algumas destas coisas são verdadeiras, mas não revelam a razão primária pela qual Jesus morreu, o que costuma levar a uma falta de compreensão da doutrina da salvação, com possíveis efeitos desastrosos no destino eterno das almas. Jesus não morreu na cruz apenas para preencher um "vazio interior" nas pessoas. Jesus não morreu primeiramente para te fazer mais feliz, ou para que você tenha mais saúde, mais dinheiro ou um casamento melhor. Tão pouco para que você encontre propósito na sua vida. Certamente, Ele também não morreu na cruz só para dar um exemplo para nós (I Pe 2:21). Embora haja verdade em muitas destas razões, a Bíblia deixa claro o motivo fundamental para a morte de Cristo,

I Tm 1:15 - "Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal".

Vemos que o Filho do Homem veio salvar o que se havia perdido. Compare esta frase do Apóstolo Paulo com o que diz uma popular estampa de camiseta "gospel":

"Deus prefere morrer por mim do que viver sem mim".

Nas palavras do apóstolo, somos pecadores e precisamos de Cristo para sermos salvos. Na camiseta gospel, sou o máximo e Deus precisa de mim para não se sentir sozinho. Um glorifica o Salvador, o outro a criatura.

Tenho visto em diferentes igrejas pastores fazendo apelos e levando pessoas a tomarem uma decisão por Jesus, sem antes terem explicado o que isso significa. Ouvir 1 hora de louvor e depois uma pregação motivacional não explica porque Cristo morreu numa cruz, e portanto, dificilmente capacita um pecador a tomar uma decisão consciente. Se você perguntar nas igrejas evangélicas se as pessoas acreditam que Jesus é o salvador, deve obter perto de 100% de respostas positivas. Mas experimente perguntar o que é preciso fazer para alguém ir para o céu e você se surpreenderá com a falta de clareza e objetividade nas respostas. Aliás, o próprio conceito de salvação tem perdido o sentido ultimamente. Lembro-me de ter participado de um curso de introdução ao Cristianismo em uma igreja Batista na Austrália em 2002. Tratava-se do "Curso Alpha", um curso bastante difundido nos países do Reino Unido e Commonwealth. Após 12 horas de vídeos com palestras sobre as doutrinas da fé cristã, comentei que achava estranho que o curso sequer mencionasse o inferno. Me disseram que era para não assustar as pessoas, que as pessoas devem vir a Cristo por amor e não pelo motivo errado, ou seja, por medo de irem para o inferno. Comentei que não entendia porque isso seria um motivo errado. Se fosse, Jesus não teria falado tanto sobre o inferno. O próprio temor a Deus está ligado com o temor do juízo de Deus,

Luc 12:5 - "Mas eu vos mostrarei a quem deveis temer; temei aquele que, depois de matar, tem poder para lançar no inferno; sim, vos digo, a esse temei."

O problema é que se as igrejas pararem de falar sobre o inferno as pessoas não saberão mais do que estão sendo salvas. Precisamos colocar a cruz de volta nas mensagens evangelísticas.

E você, sabe o que é necessário para ser salvo?

2 comentários:

  1. Nilson_e_Regina_Witkoski30 de julho de 2009 13:04

    Este texto que voce deixou aqui eh muito bonito...
    Esta eh a mensagem fundamental do Cristianosmo...
    Jesus morreu por todas as pessoas, mas Ele ira salvar somente os cristaos...
    Para ser salvo eh necessario aceitar o perdao que Cristo oferece e viver uma nova vida...

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente vivemos um tempo em que igreja virou negócio e para agradar ao consumidor oferecem o que as pessoas querem ouvir, porém, não o que elas precisam saber: que Cristo morreu na cruz para nos salvar de todos os pecados e que cada um f]deve negar a si mesmo tomar sua cruz e seguer a Cristo, sem Cruz não há evangelho, não há salvação. Que Deus tenha misericórdida de todos nós e que nos ajude a falar a verdade em todo temo e lugar.

    ResponderExcluir